mscmtr

My-Trulies-Maus-Habitos

Reportagem: My Trulies no Maus Hábitos

Era sábado e no Porto dia de Clubbing na Casa da Música e logo com a presença de duas famosas figuras do panorama da música electrónica mundial como são os casos de Matthew Herbert e do projecto DARKNESS de Nicolas Jaar (aqui em parceria com Dave Harrington) mas nós no Musicómetro, que apoiamos sempre a música e as bandas portuguesas, não poderiamos deixar de estar presentes nessa mesma data no Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural para assim assistirmos ao primeiro concerto oficial dos My Trulies.

Compostos por Evel Gomez (vocalista) Antonio Mogrobero (guitarra) Brad Coates (bateria) Jack Morgan (teclados) Johnny Snow (baixo) King Pherno (guitarra), e acompanhados nesta sua estreia ao vivo pelas coristas Ana Alvarez e Raquel Caldevilla, os My Trulies são uma banda de rock puro e duro com recorte mais clássico e formados a partir das cinzas de outros projectos dentro do mesmo espectro mas que nesta sua mais recente encarnação os seus membros parecem ter finalmente atingido o ponto de maturação adequado para ambicionarem outros vôos.

Numa sala de concertos meia cheia de um público entusiasta, os My Trulies assinaram um intenso e suado espectáculo em que ficaram patenteadas as suas principais características e também as suas maiores influências, onde as canções do seu trabalho de debute “In The City” estiveram em natural destaque. Para quem ainda não sabe, os My Trulies divulgaram regularmente durante algumas semanas o alinhamento dessa edição que foi sendo disponibilizada para descarga gratuita através do seu sítio oficial e cujo lançamento ocorreu em meados de Abril último. E dos cinco temas revelados, não surpreendeu que todos tivessem feito parte do alinhamento, a saber, “Johnny’s Back”, “Gimme The Aplause”, “Something New” (a abrir e ainda a fechar o concerto no encore), “Dressed Up In Black” e a faixa-título “In The City”, misturados com versões actualizadas de algumas canções mais antigas.

Destaque para a inesperada e interessante cover de “Night Clubbing”, um original de Iggy Pop – uma personalidade incontornável da história do rock e figura que o instigador vocalista Evel Gomez terá como uma das suas grandes referências, isto se nos basearmos na sua postura e prestação em palco – e que introduziu o glam-rock na sonoridade dos My Trulies fazendo jus a um estilo que já estava bem presente na imagem do grupo. Em suma, esperamos poder assistir a mais concertos dos My Trulies onde concerteza serão corrigidos alguns detalhes e dissipado o nervosismo evidenciado nesta ocasião, situações pontuais e perfeitamente normais dadas as circunstâncias e que nos fazem prever um futuro risonho para os My Trulies.

Alinhamento do concerto:

1 – Something New
2 – In The City
3 – Trying To Forget
4 – Vallentines
5 – John is Gone
6 – Johnny’s Back
7 – When I Die
8 – Night Clubbing
9 – Jack Is Back
10 – Joy Song
11 – Dressed Up In Black
12 – Give Me The Applause
13 – Something New (reprise)

Fotografias da autoria de Paulo Bico