mscmtr

Daft Punk

Daft Punk. Daft Punk! DAFT PUNK!

É um assunto absolutamente incontornável: “Random Access Memories” dos Daft Punk é, antes mesmo do seu lançamento, e, muito provavelmente, será, depois de estar à venda nas lojas da especialidade, o álbum mais importante de 2013. E se é verdade que as contas só se devem fazer no fim, também não é mentira que existem muito poucos artistas na actualidade que consigam gerir expectativas tão elevadas como o talentoso duo francês.

Afinal de contas, quem é que hoje em dia consegue revelar tão somente dois excertos de uma faixa inédita com meros quinze segundos de duração e mesmo assim concentrar as atenções dos fãs e da imprensa especializada? Nós arriscaríamos dizer que muito poucos e talvez só os Radiohead de Thom Yorke consigam ter um impacto semelhante àquele que é gerado por Thomas Bangalter e Guy-Manuel De Homem-Christo.

Mas o que invariávelmente distingue os Daft Punk da generalidade dos projectos musicais contemporâneos é a sua capacidade inata de cumprir com (quase) todas essas expectativas criadas à sua volta, crítica e comercialmente, e “Random Access Memories” efectivamente parece ser mais uma aposta ganha.

Nesse sentido, e após a revelação da impressionante lista de convidados que contribuem para o LP, o novo vídeo promocional para “Get Lucky” que foi surpreendentemente revelado durante o Festival de Coachella, com uma “generosa” duração de quase dois minutos (com a aparição de Nile Rodgers e Pharrell Williams, para além dos dois astros robóticos) já nos permite tirar confirmar aquilo que afirmamos mais acima: “Random Access Memories” vai ser épico. Nem mais nem menos.

Mas existe vida para além do novo álbum, pois segundo uma entrevista concedida à publicação norte-americana Rolling Stone, os Daft Punk têm também na calha uma colaboração com Kanye West que pode muito bem vir a ser uma das canções escolhidas como um dos single do próximo álbum do famoso e polémico rapper e produtor norte-americano que no passado não se coibiu de samplar uma das faixas dos franceses. Mais ainda, depois de ter recebido o aval de Michel Gondry (vénia), pelos vistos esse futuro single já tem um realizador designado para o respectivo videoclip oficial, nada mais nada menos do que, Chris Cunningham (outra vénia).

Nessa entrevista que podem ler na íntegra por aqui, os Daft Punk esclarecem ainda que (e infelizmente para nós) não têm pressa nenhuma em entrar numa digressão de suporte a “Random Access Memories” de forma a poderem concentrar-se em absoluto no pré e no pós lançamento desse muito aguardado longa-duração. Depois disso, e quando se proporcionar, os Daft Punk prometem uma tournée em grande escala e onde serão abordados ao vivo todos os seus grandes êxitos o que, na realidade, é exactamente aquilo que todos nós ansiamos (re)ver.

E, se nos permitem o desabafo, nunca mais chega o dia 20 de Maio, data em que finalmente estará disponível “Random Access Memories”!

[Actualização]: incluído o trailer oficial em alta definição divulgado via SNL para “Get Lucky” que teve estreia mundial em Coachella e que conta com a participação de Pharrell Williams e Nile Rodgers e ainda o vídeo com as novas indumentárias dos Daft Punk concebidas por Hedi Slimane para o Music Project da Saint Laurent.

Facebook | MySpace